Conheça os modelos de carros mais em conta no mercado

Somente no próximo ano, as leis exigem sacos de ar frontais e sistemas de travagem antibloqueio em todos os carros, características de segurança que têm sido padrão nos países industrializados há anos. O país também terá novos regulamentos de impacto em papel, pelo menos; Os reguladores brasileiros não têm sua própria instalação de teste de colisão para verificar as reivindicações das montadoras sobre o desempenho do veículo, nem há laboratórios independentes no país.

Os especialistas dizem que esses requisitos por si só não são suficientes para atender aos padrões básicos de segurança, onde todos ficam obrigados a estarem com o IPVA em dia. Alguns modelos vendidos no Brasil, como o japonês JAC J3, marcaram apenas uma estrela em um recente teste de colisão apesar de ter air bags e antibloqueio.

Um esforço piloto independente conhecido como o Latin New Car Assessment Program realizou testes iniciais dos modelos de carros mais populares do Brasil, e os resultados são sombrios.

Modelos mais baratos do mercado de automóveis

Os modelos mais baratos de quatro dos cinco carros mais vendidos, fabricados pela General Motors, Volkswagen e Fiat, receberam uma classificação de uma estrela, de cinco estrelas, enquanto outros best-sellers também marcaram mal. Tal classificação significa que os carros oferecem pouca proteção em destroços sérios, em comparação com carros classificados de quatro ou cinco estrelas, que são praticamente o mínimo que os consumidores dos EUA e da Europa compram.

“A diferença é que você está falando sobre alguém morto no veículo ou morrendo muito rapidamente, ou alguém que pode sair do próprio veículo”, disse David Ward, diretor-geral da Fundação FIA, com sede em Londres, para a segurança automóvel, que apoia os programas Euro e Latin NCAP. “Definitivamente é uma diferença entre a vida ea morte”.

O berço Ford Ka ocupado vendido na Europa marcou quatro estrelas quando foi testado pela Euro NCAP em 2008; Sua versão latino-americana marcou uma estrela.

Diferenças entre carros vendidos no brasil

A Ford reconheceu que o Ka particular é construído em uma plataforma desatualizada e disse que não pode ser comparado com a versão européia do mesmo nome – é diferente. A empresa disse que pretende ter todos os seus carros produzidos no Brasil construídos em plataformas atualizadas e globais até 2015.

O compacto de Nissan March produzido no México, vendido na América Latina, recebeu uma classificação de duas estrelas do Latin NCAP, enquanto a versão vendida por aproximadamente o mesmo preço na Europa, chamado Micra, marcou quatro estrelas. Os testes de colisão revelaram que o modelo latino-americano apresentava uma estrutura corporal fraca e instável que ofereceu pouca protecção aos ocupantes, mesmo em naufrágios não sérios.

detran pr

Em uma declaração por e-mail, a Nissan disse que a venda de março no Brasil é “praticamente o mesmo modelo” oferecido na Europa. “A diferença nos resultados alcançados na Europa e na América Latina é devido a variações nos testes NCAP aplicados em diferentes partes do mundo”.

Não é assim, disse Alejandro Furas, diretor técnico para os programas de teste de crash global NCAP.
“Realizamos o teste de colisão frontal exatamente da mesma forma que o Euro NCAP”, disse ele. “A Marcha e o Micra foram testados no mesmo laboratório, com o mesmo tipo de manequins de teste de colisão, nas mesmas condições com as mesmas pessoas que dirigem o laboratório”. https://twitter.com/FabianaTcflag9/status/895011073367126016

This entry was posted in Serviços. Bookmark the permalink. Both comments and trackbacks are currently closed.